RECICLAGEM - POR QUE RECICLAR?

RECICLAGEM



Por que reciclar?

A reciclagem de matérias é uma medida positiva no 

sentido de diminuir o impacto das ações humanas. Ao 

enviar materiais para a reciclagem estamos poluindo 

menos o meio ambiente. Outro aspecto positivo é que 

estamos ajudando muitos trabalhadores, principalmente 

de cooperativas, que trabalham com reciclagem.

A coleta seletiva do lixo


Fazer a reciclagem em casa é uma tarefa bem 

complicada, pois é necessário processos industriais para 

tal tarefa. Porém, podemos atuar fazendo a coleta 

seletiva do lixo. Devemos separar o lixo orgânico do 

reciclável. Este último deve ser encaminhado para 

empresas recicladoras ou deixado à disposição de 

pessoas ou empresas que retiram este material nas casas,

indústrias, escolas e prédios.

Dicas de Reciclagem


- Primeiramente devemos fazer a coleta seletiva, ou seja, 

separar em casa três tipos de resíduos: lixo orgânico, lixo 

material não reciclável e lixo material reciclável (veja 

lista abaixo).

- O lixo reciclável deve ser limpo antes de separá-los 

para a reciclagem. Potes e embalagens sujas podem gerar

odores desagradáveis, além de atrair insetos, ratos e 

outros animais. Portanto, lave aquele pote de iogurte 

antes de enviá-lo para a reciclagem.


- Existem alguns materiais que não são recicláveis, porém

não devem ser descartados no lixo comum em função do 

alto grau de poluição e contaminação que geram no meio 

ambiente. Equipamentos eletrônicos, pilhas, baterias de 

celular e lâmpadas, por exemplo, devem ser entregues em

locais apropriados. Muitos estabelecimentos comerciais 

já recolhem estes produtos para encaminhá-los à 

empresas que fazem o descarte de forma apropriada, sem

prejudicar o meio ambiente.

- Saiba que nem todo lixo não orgânico pode ser 

reciclado. Portanto, é importante conhecer quais resíduos

materiais podem ir para o processo de reciclagem (veja 

relação abaixo).


- Materiais que você pode separar na coleta seletiva e 

encaminhar para a reciclagem: potes, garrafas e 

embalagens de plástico e vidro, papel sulfite, jornais, 

papelão, revistas, embalagens de metal, materiais de 

ferro, garrafas pet, sacos plásticos, canos de plástico ou 

metal, tecidos, couro, fios elétricos, pregos e parafusos.


- Materiais não recicláveis: papel carbono, papel 

celofane, etiquetas adesivas, fitas adesivas, fotografias, 

latas de tinta e verniz, esponjas de aço, embalagens 

metalizadas, espumas, cabo de panela, esponjas de 

limpeza, embalagens de produtos tóxicos, vidros 

temperados, espelhos, porcelana, cerâmica, vidros 

refratários, cristais e isopor.





Bom estudo!!!

Comentários