DIA DO ÍNDIO - TEXTO INFORMATIVO - HERANÇA CULTURAL

HERANÇA CULTURAL – DIA DO ÍNDIO – 19 DE ABRIL

Em toda a América, o dia 19 de abril é dedicado aos

 índios, habitantes originais do nosso continente. Se

 no século XVI eles eram donos de todo o território 

que vinha do atual Canadá até a Patagônia, hoje, no 

Brasil, eles são cerca de 250 mil, menos de 0,5% de 

nossa população.  No entanto, se em termos 

demográficos eles estão numa minoria extrema, 

culturalmente os índios se mantêm muito vivos no

 nosso país. Hábitos como banhos diários e a forte 

influência na culinária e na língua são tão inseridos no

 cotidiano do brasileiro que suas raízes passam 

despercebidas por nós.   A maior língua indígena, o 

tupi-guarani, faz-se presente no português brasileiro 

em palavras que dão açúcar à nossa prosódia, como 

disse Eça de Queiroz. Carioca é a casa do branco. 

Xará significa tirado do meu nome. Jururu, triste. Nhe 

é falar. Já nhenhenhém é falar demais. Pindaíba 

descreve o anzol ruim que não pega nenhum peixe.

 Capenga diz-se das pessoas que mancam. E biboca é

 uma moradia humilde.   Mandioca, milho, guaraná, 

palmito, canjica, caju, abacaxi são todos exemplos da

 herança da culinária indígena que sobrevive forte no 

século XXI. Em nomes de cidades e rios, os nomes 

indígenas são centenas. Amapá, Itajubá, Manaus, 

Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Tocantins, Itabuna,

 potiguar são apenas alguns deles .   O Brasil, por 

quase 300 anos, falou uma língua batizada de língua-

geral. Era uma mistura de português com as diversas 

línguas indígenas que existiam em nosso território. O 

português só se consolidou como a língua majoritária 

do Brasil no fim do século XVIII, quando, em 1757, o

 Marquês de Pombal estabeleceu o Diretório dos 

Índios, afirmando que "A língua do Rei deve ser a

 língua oficial de todas as instituições".   A partir 

daquela data, o ensino de português foi 

institucionalizado pelo Estado e seu uso passou a ser

 obrigatório em escolas, repartições públicas, igrejas,

 enfim, em todo o território brasileiro. Houve um 

silenciamento da língua geral, que desapareceu. Se 

isso não tivesse ocorrido, possivelmente hoje 

teríamos, no Brasil, centenas de diferentes línguas,

como acontece na Índia.   Por toda essa relevância 

histórica e essa enorme herança cultural, no dia 19 de

abril celebra-se o Dia do Índio. Certamente, um pouco

dos índios sobrevive em todos os brasileiros. Os votos

 do dia 19 são de que essa importância ainda seja 

exaltada por muitos anos!  

www.voluntariosonline.org. 





Bom Trabalho!!!!



Comentários