Pular para o conteúdo principal

Postagens

TEXTO E INTERPRETAÇÃO - A VERDADEIRA HISTÓRIA DOS TRÊS PORQUINHOS - AUTOR QUENTIN GREBAN

Postagens recentes

POR QUE OS DENTES DOS ROEDORES E O BICO DAS AVES CRESCEM SEM PARAR?

POR QUE  OS DENTES DOS ROEDORES E O BICO DAS AVES CRESCEM SEM PARAR?
ARESPOSTA É SIMPLES: PARA FACILITAR AS TAREFAS DIÁRIAS.COMO ASSIM? ACOMPANHE O EXEMPLO DA CUTIA.PARA SE ALIMENTAR, ELA 
Imagem retirada da Internet
PRECISA ABRIR A DURÍSSIMA CASCA DE SEU PRATO PREDILETO, A CASTANHA-DO-PARÁ.REALIZANDO ESSA E OUTRAS TAREFAS, SEUS DENTES DA FRENTE - OS INCISIVOS - SE DESGASTAM MUITO.COMO ESSES DENTES FORAM MESMO FEITOS PARA ROER E ROER AS SUPERFÍCIES MAIS DURAS TÃO RAPIDAMENTE QUANTO SÃO DESGASTADAS, ELES CRESCEM SEM PARAR.ALÉM DISSO, A PARTE DA FRENTE DESSES DENTES POSSUI UMA CAMADA DE ESMALTE REFORÇADA.JÁ A PARTE DE TRÁS, É MUITO MAIS MACIA E FUNCIONA COMO UM ALICATE. ESSAS ADAPTAÇÕES TÃO ENGENHOSAS PERMITIRAM AOS ROEDORES AS HABILIDADES DE CAVAR, ESCALAR, CORTAR GALHOS E SEMENTES DURAS.  O CASTOR DA AMÉRICA DO NORTE É OUTRO EXEMPLO DE ROEDOR DE 

CRÔNICA - O MARRECO QUE PAGOU O PATO - AUTOR - CARLOS EDUARDO NOVAES

CRÔNICA - O MARRECO QUE PAGOU O PATO - AUTOR - CARLOS EDUARDO NOVAES
Semana passada, São Paulo, apesar de toda fama de que não pode parar, parou. E não foi num congestionamento. Parou para discutir o caso do marreco Quércia e sua marreca Amélia, presos e engaiolados durante 24 horas sob a acusação de poluírem o meio ambiente. Diante do fato eu fico aqui pensando que os paulistas já devem ter resolvido todos os seus grandes problemas urbanos. Sim, claro: quando um povo começa a prender marrecos é porque não tem mais nada para fazer.
O marreco Quércia - deixa-me explicar - ganha a vida honestamente como relações-públicas da casa Agro Dora, na Rua da Consolação, 208. Em seu trabalho passa os dias inteiros circulando pela calçada e atraindo fregueses para a loja. Na segunda-feira o gerente da loja foi surpreendido com a presença de um fiscal, que muito compenetrado perguntou se o marreco era de sua propriedade. Diante da resposta positiva, virou-se para o gerente e pediu: "Seus document…